Perguntas frequentes

ADIANTA SE TRATAR E NÃO TRATAR A PESSOA COM QUEM TEM RELAÇÕES SEXUAIS?
NÃO ADIANTA NADA. Se quem pegou DST fez o tratamento certinho mas a pessoa com quem tem relações sexuais não fez, o problema vai continuar. Por isso, é preciso que os dois procurem o serviço de saúde para se tratar.
AS DST SÃO DOENÇAS GRAVES?
SÃO SIM. E podem causar disfunções sexuais, esterilidade, aborto, nascimento de bebês prematuros e/ou com problemas de saúde, deficiências físicas ou mentais, alguns tipos de câncer e, em casos mais sérios, até a morte. Quem tem DST tem mais chance de pegar outras DST, inclusive a aids.
COMO SE PEGA DST?
Qualquer pessoa pode pegar DST através da relação sexual. Seja de homem com mulher, homem com homem ou mulher com mulher. A pessoa infectada passa DST para seus parceiros, principalmente quando acontece penetração.
É SÓ TOMAR REMÉDIO QUE ESTÁ TUDO BEM?
NÃO. Tomando remédio certo em dose errada ou no período de tempo errado, a doença pode até melhorar mas volta logo. E o pior, o micróbio vai ficando mais forte e resistente ao remédio. Além disso, deve-se tomar cuidado para não pegar DST novamente, usando sempre camisinha.
MAS, O QUE SÃO DST?
DST são doenças sexualmente transmissíveis, conhecidas também como doenças venéreas, doenças sexuais, doenças de rua, doenças do mundo.
O QUE A PESSOA DEVE FAZER SE DESCONFIAR QUE ESTÁ COM DST?
Antes de mais nada, deve procurar o serviço de saúde. Se for confirmada a doença, é preciso que o parceiro dessa pessoa também procure o serviço de saúde. E mais: – Só façam o tratamento indicado pelo profissional de saúde; – Tome o remédio na quantidade certa e nas horas certas, sem falhar; – Continue o tratamento até o fim, mesmo que não haja mais nenhum sinal e nem sinta mais nada; – Evite ter relações sexuais durante o tratamento, mas, se não der, use sempre camisinha; – Faça também o teste HIV (aids). É sempre bom prevenir.
PARA TRATAR É SÓ COMPRAR UM REMÉDIO NA FARMÁCIA?
DE JEITO NENHUM. Existem vários tipos de DST e, por isso, só o profissional de saúde pode saber exatamente qual é a doença e indicar o tratamento e o remédio certo. Não se deve fazer tratamento recomendado por amigos, parentes ou qualquer pessoa de farmácia.
QUAIS OS PRINCIPAIS SINAIS DAS DST?
SINAL É O QUE A GENTE VÊ, e é mais fácil perceber no órgão sexual do homem que no da mulher. – Feridas (úlceras): aparecem nos órgãos genitais ou em qualquer parte do corpo. Podem doer ou não. – Corrimentos: aparecem no homem e na mulher, no canal da uretra, vagina ou ânus. Podem ser esbranquiçados, esverdeados ou amarelados como pus. Alguns têm cheiro forte e ruim. Tem gente que sente dor ao urinar ou na relação sexual. Nas mulheres, quando o corrimento é pouco, só é visto no exame ginecológico. – Verrugas: são como caroços, podem parecer uma couve-flor quando a doença está em estágio avançado. Em geral, não dói. Às vezes dá coceira ou irritação.
QUAIS OS SINTOMAS DAS DST?
SINTOMA É O QUE A GENTE SENTE. – Ardência ou coceira: mais sentidas ao urinar ou nas relações sexuais. Há pessoas que têm os dois sintomas, outras sentem um e muitas pessoas não têm nenhum, e sem saber, transmitem as DST para os parceiros. – Dor e mal-estar embaixo do umbigo, na parte baixa da barriga, ao urinar, ao evacuar ou nas relações sexuais.
QUEM PODE PEGAR DST?
Quem tem relações sexuais sem camisinha; – Pessoas que usam drogas injetáveis e compartilham seringas; – Pessoas que recebem sangue que não foi testado; – QUALQUER PESSOA – casada, solteira, jovem, adulta, rica, pobre – pode pegar DST.